A campanha Novembro Azul é realizada no mundo inteiro durante todo o mês de novembro, visando conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O câncer é um fator de saúde pública mundial. De acordo com especialistas, o Sistema de Informação sobre Mortalidade e dos Registros de Câncer de Base Populacional estima que, para o triênio 2023-2025, são esperados 704 mil casos novos de câncer no Brasil. O câncer de próstata é um dos mais incidentes, com 71.730 mil casos novos, correspondendo a um risco estimado de 67,86 casos a cada 100 mil homens.

A sua detecção é feita por meio de exame de toque retal (exame de próstata). Os especialistas comentam que o exame é importante para detectar precocemente o aparecimento da doença, bem como problemas na próstata. Outro exame é a dosagem de antígeno prostático específico (PSA) feita por meio da coleta de sangue para medir os níveis de PSA, uma substância produzida pela próstata. Mas ressaltam que é importante que o médico observe, mesmo com os níveis elevados do PSA, a existência de outras condições benignas na próstata.

Se há na família alguém que tenha tido câncer de próstata, deve-se começar o preventivo mais cedo, a partir dos 45 anos. Se não tem nenhum histórico na família, aí, sim, você pode começar aos 50 anos.

Existem estudos que explicam que o câncer de próstata pode estar relacionado ao trabalho, tais como trabalho em turnos, fundição de metais não ferrosos, aplicação de agrotóxicos, herbicidas orgânicos, inseticidas, produção de borrachas, bombeiros e outros.

 

Fonte MS

ASCOM CRM-PI

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.