CRM-PI e demais órgãos preocupados com atraso de pagamentos nos hospitais e paralisações

O Conselho Regional de Medicina do Piauí – CRM-PI, que vem apoiando os profissionais da saúde no Piauí, sem salários há alguns meses por parte do Governo do Estado do Piauí, considera e vem cobrando da Secretaria Estadual de Saúde uma solução para o problema há alguns meses. Agora, com a ameaça de uma paralisação para os próximos dias, a preocupação é com o atendimento à população. A situação de atraso de pagamentos de salários se refere aos profissionais prestadores de serviços, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A situação se estende de Teresina para outros municípios, como Uruçuí, São Raimundo Nonato e Floriano.

Nesta semana (17), a presidente do CRM-PI, Drª Mírian Palha Dias Parente participou de uma audiência de urgência no Ministério Público do Piauí – MPPI, para discutir exatamente os dois pontos, a solução para os atrasos salariais e as paralisações dos profissionais da saúde. Na audiência, o promotor Eny Marcos Pontes retificou a importância do Estado valorizar os profissionais da saúde, concursados ou contratados. A audiência teve a presença do superintendente da Sesapi, Alderico Tavares, a presidente do do COREN (Conselho Regional do Enfermagem), Tatiana Guimarães, do CREFITO (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – 14ª Região), Rodrigo Amorim, da FMS (Fundação Municipal de Saúde), Charles da Silveira, além de profissionais que atuam em várias unidades de saúde do Estado.

Além de uma cobrança efetiva pela atualização da folha de pagamento, houve a solicitação à Sead/Prev (Secretaria de Estado da Administração e Previdência) explicações sobre a denúncia de que a contribuição previdenciária não está sendo recolhida. Caso seja constatada a falta de repasses, o promotor de Justiça declarou que essas informações serão repassadas ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) para a realização de uma auditoria. O MPPI requisitará ao TCE-PI (Tribunal de Contas do Estado) uma auditoria em toda a folha de pagamento e de pessoal da Sesapi e da FEPISERH (Fundação Estatal Piauiense de Serviços Hospitalares).

Fonte: CRM-PI
Contatos: ASCOM CRM-PI
(86) 3216-6100
aud.mppi-atrasossal

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.